Carnaval seguro

Não desvie o olhar e brinque sem brincar com os direitos das crianças e dos adolescentes.

O Governo Federal, por meio da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, lança, mais uma vez, a Campanha Nacional de Carnaval pelo Fim da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes.

O objetivo é conscientizar a sociedade sobre a incidência dessa prática em todo o país. As peças publicitárias chamam a atenção dos foliões para que não desviem o olhar. Em caso de violência sexual contra crianças e adolescentes, a campanha orienta que os adultos denunciem. Basta discar 100.

A violência sexual  contra crianças e adolescentes, principalmente entre crianças até 9 anos de idade,  é o segundo principal tipo de violência, ficando pouco atrás apenas para as notificações de negligência e abandono. Pesquisa feita pelo Ministério da Saúde mostra que, em 2011, foram registrados 14.625 notificações de violência doméstica, sexual, física e outras agressões contra crianças menores de dez anos.

Além da ação do Governo Federal, as redes nacionais de proteção aos direitos da infância e da adolescência também estão promovendo a campanha Brinque o Carnaval sem Brincar com os Direitos das Crianças e dos Adolescentes. A proposta não é apenas proteger o público da violência sexual, mas também do trabalho infantil, do tráfico para fins de exploração, entre outros tipos de violação.

Categorias

Arquivos

Tags