midia educação

Formar para o futuro

Por Érica Fraga Jornalista com mestrado em Economia Política Internacional no Reino Unido. Venceu os prêmios Esso, CNI e Citigroup. Escreve sobre educação, às quartas, na Folha de S. Paulo

Menino prodígio

Você sabe quem é Jenk Oz? Ele é um empreendedor britânico que criou um portal de conteúdo para crianças e adolescentes entre 8 e 15 anos. Até aí tudo muito

Destaques

Igualdade de gênero na escola

Do site Rebrinq Enquanto a mídia teima em reforçar os estereótipos de gênero e uma cultura machista, mostrando comerciais com mulheres que cuidam da casa, dentre outros exemplos, professores buscam

Destaques

Conteúdos culturais

Você sabia que a Cinemateca Brasileira realiza um importante trabalho de difusão de seu acervo, por meio do Banco de Conteúdos Culturais (BBC). Estão disponíveis no site, por exemplo, reportagens

Leitor de quê? Leitor para quê?

Por Christine Castilho Fontelles Cientista social formada pela PUC/SP com MBA em marketing pela FIA/FEA/USP. Consultora de Educação no Instituto Ecofuturo, organização da qual foi co-idealizadora e onde criou e dirigiu

Classificação indicativa

Informações da Assessoria de Imprensa do STF O Supremo Tribunal Federal (STF) declarou a inconstitucionalidade de dispositivo do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) que estabelece multa e suspensão de

Cinema infantil: 15 anos

A 15ª edição da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis abre nesta sexta-feira, dia 1º de julho, no Cinema do CIC com o Fórum Cinema e Educação e segue no

Arquitetura paisagística

De 8 a 10 de setembro, será realizado o 4º Congresso Internacional de Arquitetura Paisagística, que ocorrerá em São Paulo, no Auditório Ariosto Mila da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade

Artigos

Cinema e educação – parte 3

Por Raquel Pacheco Dra. em Ciências da Comunicação. Autora do livro “Jovens, Media e Estereótipos. Diário de Campo Numa Escola Dita Problemática” (Livros Horizontes, 2009). Coordena o projeto e o blog

Centro do Artesanato Brasileiro

O Brasil conta agora com um espaço integrado para valorizar e apresentar o artesanato como um importante produto nacional, tanto para brasileiros quanto para estrangeiros: o Centro Sebrae de Referência