Pesquisar
Close this search box.

conheça o programa

O ensino de Língua Portuguesa no século XXI

revistapontocom – O que hoje não se pode deixar de ensinar, na área de Língua Portuguesa, na Educação Básica?
Carmen Pimentel – A ler. Parece óbvio, mas não é. Ler engloba muito mais do que somente decodificar o sistema linguístico. Nossas crianças precisam estar em contato com os livros, manuseá-los, brincar com eles, aprender a gostar deles como fonte de conhecimento e de prazer desde quando começam a segurar as coisas. E isso é ensinado. Incentivar a leitura, convidar para a leitura, mostrar o valor de uma história. Só assim se aprende a ler.

revistapontocom – O que é preciso ser aprendido, na área de Língua Portuguesa, pelos alunos na Educação Básica?
Carmen Pimentel – Muita gente acha que ensinar Língua Portuguesa é ensinar gramática. A gramática não deve ser esquecida, mas também não deve ser a única abordagem. Partindo da leitura e da compreensão de textos, o ensino da língua ganha função e passa a ser mais interessante para a criança. Saber o porquê das escolhas de determinadas expressões, a estrutura das frases que podem gerar diferentes entendimentos, o significado das palavras que são a base do texto, isso é muito rico e torna o ensino de Língua Portuguesa mais dinâmico e significativo para os estudantes.

revistapontocom – Qual é o principal desafio de se ensinar Língua Portuguesa, nos dias de hoje, para os alunos na Educação Básica?
Carmen Pimentel – A competição com outras mídias. Ler livros é uma experiência única. Se o professor não consegue passar isso para seus alunos, ele não contribui para um bom ensino de Língua Portuguesa nem para uma formação integral de seus alunos. A internet, o cinema, a música, enfim, são linguagens que caminham junto com a Língua Portuguesa. Afinal, por trás dessas linguagens está a própria língua! Lançar o desafio da leitura de um livro é estimular a criatividade, aguçar a percepção, dar oportunidade para ampliar conhecimentos de toda espécie – até linguístico.

revistapontocom – Ensina-se Língua Portuguesa, nos dias de hoje, da mesma forma que se ensinava no final do século XX? Se algo mudou, o que mudou e por quê?
Carmen Pimentel – Nem pode ser assim. Quantas coisas surgiram de lá para cá. Quantas novidades, quantas possibilidades. A ideia é aliar a tecnologia ao ensino sempre. Atualmente o ensino de Língua Portuguesa, especialmente da gramática, procura ser mais ligado aos textos. Fala-se muito da Gramática Textual que parte da leitura e da compreensão dos textos para a estrutura gramatical. Mas ainda há muita confusão quanto a essa metodologia. Alguns professores entenderam que a gramática, então, não precisava mais ser ensinada. Se temos que aprender a somar e multiplicar para fazer os cálculos mais complexos, temos que compreender como a língua se estrutura para podermos ler e escrever quaisquer textos com mais facilidade. Soma-se a isso o uso das tecnologias em sala de aula, e temos, com certeza, um ensino diferente daquele do final do século XX.

revistapontocom – Hoje, você diria que ensinar Língua Portuguesa, na Educação Básica, é mais …. por quê?
Carmen Pimentel – É mais divertido. Pelo menos deveria ser. Com todas as possibilidades tecnológicas que temos em mãos e com mais diálogo entre professores e alunos que antigamente, se o professor não aproveitar para tornar suas aulas mais divertidas, mais dinâmicas, mais criativas, está marcando passo. Leitura, tecnologia e visão crítica são as palavras-chave para o ensino de Língua Portuguesa nos dias de hoje. Afinal, material para usar em sala de aula não falta.

Faça aqui o seu cadastro e receba nossa news

0 0 votes
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

12 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Divina Aparecida da Silva Ferreira
Divina Aparecida da Silva Ferreira
7 anos atrás

Muito bem, Carmem a leitura que você proporcionou a mim foi muito proveitosa.

vando
8 anos atrás

boa noite carmem, estou fazendo um trabalho sobre o tema de: mudanças de idiomas pedagogicos
pensadores
professores
estudiosos
vc tem alguma ideia de como posso comecar esse meu trabalho e pois estou fazendo um Paper
contento no minimo 10 paginas, por isso que estou precisando de ajudar pra podder iniciar o meu trabalho…..
obrigado

João de Jesus Francisco de Sousa
João de Jesus Francisco de Sousa
9 anos atrás

Professora Carmem se me permite, gostaria saber quais são as metodologias, adequadas hoje, para o ensino eficiente da Língua Portuguesa?

João de Jesus Francisco de Sousa
João de Jesus Francisco de Sousa
9 anos atrás

Professora Carmem gostei das suas respostas e foi muito clara e precisa ao responder as questões que lhe foram colocadas. E deu-me luz para continuar a trabalhar na minha monografia porque estou em fase terminal da minha formação.

Cátia Lorette
Cátia Lorette
10 anos atrás

Amei a entrevista. Sou educadora é entendo a necessidade que temos de provocar nossos alunos, para que possam aprender de forma prazerosa e contínua.
Beijos

Eunice de Souza Nunes
Eunice de Souza Nunes
11 anos atrás

Parabéns Carmem! Gostei da sua colocação, mas, me parece que faltou um olhar cuanto a línguagem do aluno e a Língua culta na sala de aula. É interessante observar essa vertente também. Ahhh! Eu acho que te conheço, do Pallotti????

Maestra Eunice

Helaine Soares
Helaine Soares
12 anos atrás

Concordo que, infelizmente, os alunos saem do Ensino Básico sem saber ler, ou sem interesse pela leitura. Chegam ao Ensino Médio preguiçosos e desinteressados, não conhecem a alegria de ter um livro nas mãos. A nossa dificuldade, enquanto professores do Ensino Médio é principalmente essa, formar leitores.
Acredito que o que deve mudar é a prática do ensino da gramática. Morro de pena de ver pequenos, de 7 ou 8 anos ‘decorando’ verbos e outras nomenclaturas gramaticais.

José Carlos Pozzi
José Carlos Pozzi
12 anos atrás

O professor de Língua Portuguesa tem que ser também um estudioso dos meios de comunicação, dos estudos retóricos e argumentativos e dos estudos da linguagem.

maria alice freyre c mello
maria alice freyre c mello
12 anos atrás

Muito bom, Carmen, parabéns!
Um abraço nos papais orgulhosos e babões( com toda razão….)

Hedy Chaves
Hedy Chaves
12 anos atrás

Excelente artigo! Parabéns, Carmen!

Claudio M.O. Moura
12 anos atrás

Parabéns Professora Carmem. Respostas diretas e muito claras e um assunto importante no contexto atual do nosso sistema educacional.
É triste ver que tantas vertentes criativas para se incentivar o hábito da leitura aliadas às facilidades da tecnologia sejam tão pouco utilizadas.
Parabéns e um abraço,
Claudio
Professor

vando
Reply to  Claudio M.O. Moura
8 anos atrás

boa noite carmem, estou fazendo um trabalho sobre o tema de: mudanças de idiomas pedagogicos
pensadores
professores
estudiosos
vc tem alguma ideia de como posso comecar esse meu trabalho e pois estou fazendo um Paper
contento no minimo 10 paginas, por isso que estou precisando de ajudar pra podder iniciar o meu trabalho…..
obrigado

Categorias

Arquivos

Tags

Você pode gostar