Em Aberto: revista celebra 40 anos de reflexões

No dia 20 de novembro, a revista Em Aberto completou 40 anos. A publicação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) foi criada, em 1981, com o objetivo de estimular e promover a discussão de questões atuais e relevantes para a educação brasileira, tendo como público-leitor a comunidade acadêmica, professores, educadores e estudantes.

Monotemática e quadrimestral, a revista do Inep é formada por textos diversos, incluindo artigos de revisão de literatura e com dados de pesquisa. Também conta com artigos referentes às questões teóricas suscitadas pelo tema da edição.

A publicação é estruturada em seções, que apresentam opiniões divergentes ou confrontos de pontos de vista. As principais seções da revista Em Aberto são: Enfoque, que aborda as principais dimensões do tema da edição, sendo o texto condutor da publicação; Pontos de Vista, com conteúdo que pontua as diferentes perspectivas de abordagem sobre o tema central do volume; e Espaço Aberto, a qual apresenta comentários, entrevistas e outros textos que não são caracterizados como artigos. Além delas, há também os espaços: Resenhas, com análise crítica de obras que discutem aspectos relevantes ao tema; e Bibliografia, que faz um levantamento bibliográfico acerca do tema abordado.

Avaliação – A Em Aberto tem conceito B1 em Educação e Ensino, conforme a última avaliação do Qualis Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Histórico – O primeiro número da revista Em Aberto foi publicado em novembro de 1981 e abordou o tema “A Educação Profissionalizante em Questão”. Inicialmente, o periódico foi elaborado como um boletim de divulgação técnica do Ministério da Educação e Cultura. 

O nome “Em Aberto” origina-se da forma utilizada pela revista: um envelope com folhas soltas, com cada seção de uma cor diferente — um formato considerado inovador para a época. Essa forma de apresentação dava a ideia de que o debate sobre o tema apresentado estava aberto. O nome também foi influenciado pelo momento histórico do Brasil — início da redemocratização.

acesse o último número sobre o ensino de Sociologia

A partir de 2007, a revista passou a ser eletrônica. Em 2012, voltou a ter regularidade e periodicidade. No mesmo ano, foi lançado o número comemorativo de 30 anos, com o tema “Divulgação da pesquisa educacional: Em Aberto (1981 – 2011)”.

No ano de 2019, a Em Aberto ganhou maior visibilidade ao ser apresentada no programa Salto para o Futuro, da TV Escola, com o número 103, que abordou o tema “Imagem e ensino: possíveis diálogos”.

Plataforma OJS – Atualmente, a revista Em Aberto fica hospedada na plataforma OJS, um sistema eletrônico de editoração de revista, em que são armazenados periódicos e publicações científicos. As edições podem ser acessadas diretamente da plataforma ou pelo portal do Inep, que tem link para o sistema.

Categorias

Arquivos

Tags