Filme brasileiro ganha prêmio da Unesco

Depois de ter conquistado o prêmio do júri popular no Festival de Curtas de Tóquio no mês passado, o filme brasileiro A Menina Espantalho, de Cássio Pereira dos Santos, acaba de ganhar dois prêmios no Uruguai. O curta participou da mostra competitiva do XVIII Festival Internacional de Cinema para Crianças e Jovens (Divercine 2009), realizado de 29 de junho a 12 de julho, em Montevideo, onde ganhou o Prêmio do Jurado Infantil (melhor curta de ficção) e o Prêmio da Oficina da Unesco.

Conferido ao filme que mais se destacou entre concorrentes da América Latina e Caribe, o prêmio da Unesco consiste em apoio financeiro para que o diretor escreva um novo projeto destinado ao público infantil. Com o apoio da organização, Cássio Pereira iniciará o processo de escrita de um longa-metragem a ser rodado no interior de Minas Gerais.

O filme premiado, de 13 minutos de duração, conta a história de Luzia, uma menina que mora no campo com seu irmão Pedro e seus pais. Quando Pedro começa a frequentar a escola, Luzia manifesta vontade de acompanhar o irmão. O pai autoritário não respeita o desejo da filha e ainda a obriga a espantar os pássaros da plantação de arroz. Mesmo vivendo essa adversidade, Luzia dá a volta por cima e aprende a ler no meio do arrozal.

O curta estreou no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, em novembro de 2008, onde recebeu uma menção honrosa, prêmio de melhor roteiro e troféu da Câmara Legislativa do Distrito Federal.

Categorias

Arquivos

Tags

Você pode gostar