Podcasts e educação: nem tudo precisa ser vídeo

Conheça os potenciais de um dos formatos de mídia mais subestimados pelos professores

Talvez o rádio não viva seus melhores momentos nos dias de hoje. Hoje, é nostálgico lembrar da época em que um dos formatos de mídia mais difundidos entre as pessoas era o áudio, em programas que mesclavam músicas, notícias e variedades.

Mas o século XXI conta com a sua própria versão de mídia em áudio: os podcasts. Um pouco mais modernos em formato e muito mais fáceis de produzir do que uma estação de radiotransmissão, esse é um tipo de mídia que ganhou muito espaço no cotidiano das pessoas nos últimos anos.

Os podcasts são tão simples quanto parecem: arquivos de áudio gravados e que ficam disponibilizados nas várias plataformas de mídia digital. São relativamente fáceis de se fazer, o que permite uma proliferação enorme de programas e conteúdos com as mais diferentes propostas e objetivos.

As vantagens do podcast são muitas. A principal delas é estar disponível em várias plataformas e canais diferentes: no Spotify, no Youtube, no SoundCloud, no iTunes e na maioria dos players de áudio. Podem ser ouvidos através de celular, computador, smartvs e qualquer dispositivo conectado à internet.

Além disso, a possibilidade de se ouvir podcast enquanto pratica outra atividade possibilita muito mais contato com o formato ao longo do cotidiano. Que tal ouvir a um podcast durante as tarefas domésticas?

Por ser um formato acessível, ele pode ser introduzido na rotina das crianças já nas primeiras idades. Alguns podcasts com formato específico para o público infantil fazem bastante sucesso.

O programa “Maritaca”, disponível no Spotify e no Youtube, é um excelente exemplo. São histórias infantis, normalmente de grandes autores internacionais, intercaladas por músicas O programa usa das técnicas mais clássicas da rádio para prender atenção de crianças e trazer um entretenimento.

Para adolescentes e jovens, podcasts sobre conhecimentos gerais e atualidades podem ser muito mais interessantes do que eles podem imaginar. Em época de preparação para o vestibular, ficar atento a fontes alternativas de estudo pode fazer toda a diferença.

O podcast “Guia do Estudante – Atualidades” está disponível no Spotify e traz uma abordagem didática sobre vários dos assuntos mais complexos do cotidiano. 

Até professores podem se beneficiar com o conteúdo produzido. A revista Nova Escola tem seu próprio podcast para professores, chamado Fala Aí, Professor!. Professores do Brasil debatem e dão opiniões sobre os desafios enfrentados na educação do país, principalmente no dia-a-dia das escolas públicas.

A simplicidade do formato podcast ainda proporciona uma outra oportunidade: que tal incentivar seus alunos a fazerem o próprio podcast? Qualquer celular com um gravador de voz pode dar conta de fazer algo legal. Que tal incentivar? Já pensou as paixões que podem nascer de uma experiência dessa?

Categorias

Arquivos

Tags