Pesquisar
Close this search box.

conheça o programa

Esse Rio é Meu: Inteligência Artificial e cultura maker instigam professores e estudantes a participarem do programa no GET Alzira Araújo

Professor Tiago Macedo explica detalhes.

Por Marcus Tavares

Ao trabalhar pelo segundo ano consecutivo com o programa Esse Rio é Meu, o professor Tiago Macedo decidiu investir numa abordagem mais tecnológica para envolver mais e mais os estudantes do Ensino Fundamental. A proposta também vai ao encontro do fato de sua escola Alzira Araújo, localizada em Campo Grande, Zona Oeste do Rio, ter se transformado, no início deste ano, em um Ginásio Educacional Tecnologico (GET) na rede municipal de ensino da Prefeitura do Rio.

As fotos/imagens divulgadas aqui foram enviadas pelo professor Tiago Macedo

O programa Esse Rio é Meu é desenvolvido em conjunto pela Secretaria Municipal de Educação e pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente da Prefeitura do Rio, em parceria com a oscip planetapontocom e a concessionária Águas do Rio – patrocinadora do programa. O objetivo do programa é engajar escolas na recuperação e preservação dos rios. Cada grupo de escolas da rede pública de ensino do Rio ficou responsável por desenvolver ações em torno de um dos corpos hídricos da cidade.

Nossa ideia é adotar a cultura maker, com foco no protagonismo dos alunos que desenvolverão sozinhos tais projetos, apenas com a supervisão dos professores. Como dito anteriormente, nosso objetivo é que os alunos adotem a questão da sustentabilidade e da preservação dos recursos hídricos como um hábito diário e que possam conscientizar outras pessoas de seu convívio de tal importância”, explica.

Com 15 anos de magistério e um na Prefeitura do Rio, Tiago atuo como Professor integrador no colaboratório (PIC). Formado em Geografia, ele afirma que o Esse Rio é Meu se encaixou ‘perfeitamente’ na proposta pedagógica da escola. “Trata-se de uma temática da maior importância e caro para a nossa escola. A região sofre com problemas de enchentes que, muitas vezes, são resultantes do assoreamento dos rios do bairro, o que afeta diretamente a vida dos moradores”, esclarece.

Em entrevista à revistapontocom, Tiago afirma que o maior objetivo seu é fazer com que os estudantes entendam que tecnologias, meio ambiente e sustentabilidade caminham juntos em benefício da sociedade.

Acompanhe:

revistapontocom Quando o Programa Esse Rio é Meu chegou à escola?
Tiago Macedo –
O programa foi iniciado no segundo semestre de 2023, envolvendo o Rio Guandu Mirim. Nossa escola já tinha um projeto de sustentabilidade, abrangendo, por exemplo, uma horta e a produção de adubo por compostagem. Devido a isso, o Esse Rio é Meu se encaixou perfeitamente na proposta pedagógica da nossa unidade. O projeto é aplicado em todas as séries do Ensino Fundamental – anos finais. Trata-se de uma temática da maior importância e caro para a nossa escola. A região sofre com problemas de enchentes que, muitas vezes, são resultantes do assoreamento dos rios do bairro, o que afeta diretamente a vida dos moradores.

revistapontom Quais foram as ações desenvolvidas no ano passado?
Tiago Macedo
Realizamospalestras e aulas temáticas explicando conceitos fundamentais, como sustentabilidade, com foco na questão da preservação dos recursos hídricos. Buscamos gerar nos alunos a questão do pertencimento e da importância dos rios, seja direta e indiretamente, nas nossas vidas. Fomos agentes do maior evento de reflorestamento/plantio de mudas da Floresta da Posse, área fundamental para preservação do meio ambiente e das águas do Canal do Melo.

revistapontocom – Como têm sido a adesão dos professores e da comunidade?
Tiago Macedo –
Os professores de diversas disciplinas, em especial as relacionadas às ciências da natureza e humanas, tiveram e têm um papel fundamental na questão do engajamento dos alunos a partir da abordagem de temas relacionados ao assunto de preservação dos recursos hídricos em suas respectivas disciplinas. Já a comunidade vem participando tanto no que tange aos responsáveis diretos dos alunos quanto a comunidade do entorno, uma vez que a unidade escolar é referência nessa localidade. Logo todo o bem e ação educacional voltados ao meio ambiente e sustentabilidade retornam imediatamente aos moradores. A escola também foi palco de uma Consulta Pública para transformar a Floresta da Posse em área de preservação.

revistapontocom E para este ano, o que a escola pretende realizar?
Tiago Macedo
Aproveitando o fato de termos nos tornarmos um Ginásio de Educacional Tecnológico (GET), estamos planejando uma abordagem mais tecnológica, como a produção de imagens a partir do uso de ferramentas de inteligência artificial denotando a importância dos rios e atentando para a conscientização de sua preservação. Posteriormente faremos montagens de imagens e edição de vídeos sobre o nosso rio. Nossa ideia é adotar a cultura MAKER, com foco no protagonismo dos alunos que desenvolverão sozinhos tais projetos, apenas com a supervisão dos professores. Como dito anteriormente, nosso objetivo é que os alunos adotem a questão da sustentabilidade e da preservação dos recursos hídricos como um hábito diário e que possam conscientizar outras pessoas de seu convívio de tal importância.

revistapontoco Como tem sido essa experiência com as IAs?
Tiago Macedo –
Nessa etapa da produção de imagens a partir de ferramentas de inteligência o maior desafio foi e entender os comandos (prompts) adequados para conseguirmos os resultados esperados. Esse foi um trabalho basicamente de tentativa e erro, mas, ao final, obtivemos frutos surpreendentes. Outro aspecto importante foi a resposta dos alunos em termos de engajamento, pensamos que seria difícil despertar o interesse deles em relação ao tema, porém, a resposta foi excelente.

revistapontocom Qual é o desejo da escola ao desenvolver o programa Esse Rio é Meu?
Tiago Macedo –
A direção da Alzira espera consolidar o perfil da escola como uma unidade comprometida a Educação Pública de qualidade capaz de modificar paradigmas sociais e comportamentos a médio e longo prazo deixando um verdadeiro legado às futuras gerações. Fazer com que entendam que tecnologias, meio ambiente e sustentabilidade caminham juntos em benefício da sociedade.

Faça aqui o seu cadastro e receba nossa news

5 2 votes
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ricardo Pralon
Ricardo Pralon
1 mês atrás

Esse tipo de ensino , vai ajudar muitas crianças a se desenvolver no futuro, parabéns aos diretores, professores e seus alunos. Parabéns a escola Alzira de Araújo. (GET)

Categorias

Arquivos

Tags