Pesquisar
Close this search box.

conheça o programa

Esse Rio é Meu: conscientização e inclusão na Escola Especial Municipal Rotary Club

Confira o relato de experiência da professora Margareth Gomes.

Relato de experiência concedido a Marcus Tavares

Professora Margareth Gomes
Escola Especial Municipal Rotary Club
Jardim Guanabara – Zona Norte

Esse é o primeiro ano do programa Esse Rio é Meu na escola onde leciono. A coordenadora pedagógica foi nas primeiras reuniões e quando voltou para a unidade me fez a proposta de desenvolver o projeto. Aceitei o desafio na hora, pois sou muito “ligada” nas questões ambientais e na vivência cotidiana do tema. Já conhecia o projeto pois já estive lotada, anteriormente na 11ª Coordenadoria de Educação. Integrava a Gerência de Educação. Acompanhava as escolas participantes do projeto.

O programa Esse Rio é Meu é desenvolvido em conjunto pela Secretaria Municipal de Educação e pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente da Prefeitura do Rio, em parceria com a oscip planetapontocom e a concessionária Águas do Rio – patrocinadora do programa. O objetivo do programa é engajar escolas na recuperação e preservação dos rios. Cada grupo de escolas da rede pública de ensino do Rio ficou responsável por desenvolver ações em torno de um dos corpos hídricos da cidade.

Em minha prática pedagógica, planejo periodicamente algumas atividades que envolvem os responsáveis, pois acredito que a parceria família e escola contribui para o sucesso da turma e, consequentemente, do programa. Até o momento os estudantes participaram de diferentes atividades. Utilizamos o Google Maps, mapas e o globo terrestre. Criamos também um cartaz onde todos colocaram seus nomes, se comprometendo a participar ativamente da proposta. Em seguida, debatemos a importância da água e as diferenças entre os rios e os mares.

Em outro momento, os responsáveis foram entrevistados. Resgatamos a relação que possuíam com os rios na infância, Alguns trouxeram fotos. A atividade desencadeou uma reflexão sobre o rio que queremos, o que resultou no desenvolvimento de um outro cartaz.

Tivemos também a ideia de confeccionar crachás para cada estudante. Fundamos a Tropa Especial Protetora dos Rios. Estamos finalizando uma exposição que vai socializar, com toda a comunidade escolar, nossas questões e descobertas, buscando uma maior conscientização de todos.

Em nossa sala há 13 estudantes, entre 16 e 42 anos. São estudantes especiais. Estudantes amigos que se ajudam e se complementam. Para o desenvolvimento das primeiras dinâmicas, foi preciso planejar, buscar as adaptações para as atividades, materiais diversos e contextualizar as vivências de acordo com as potencialidades de cada um para que todos pudessem participar ativamente. E foi o que aconteceu: das reflexões à visita ao Rio.

Portanto, os resultados desta primeira etapa foram muito positivos. As temáticas levantadas foram além do esperado. As atividades planejadas com a turma fizeram com que todos se sentissem pertencentes ao projeto, podendo dar sugestões e expressando seus sentimentos ao participarem das mesmas! Parcerias feitas, juntos nos movemos na busca da construção do conhecimento, criamos, construímos, refletimos e crescemos!

Faça aqui o seu cadastro e receba nossa news

5 1 vote
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lucigleice
Lucigleice
6 meses atrás

Parabéns alunos da escola municipal rotary especial Clube vcs todos merecem com esse lindo trabalho

Lucigleice
Lucigleice
6 meses atrás

Muito lindo ver eles tam alegres fazendo esse trabalho sou meio suspeita peque um dos meus três filhos Especiais estar nessa foto com a professora Margaret uma das professora maravilhosa que tem uma grande paciência com todos eles só tenho para dizer parabéns para todos envolvidos

Categorias

Arquivos

Tags

Você pode gostar