Pesquisar
Close this search box.

conheça o programa

Estudante é premiado por texto sobre racismo

Felipe Cândido Silva, aluno do Ensino Médio da Escola Professor Souza da Silveira, localizada na Zona Norte do Rio de Janeiro, foi premiado no Concurso de Redação Folha Dirigida 2009. Felipe escreveu sobre o racismo no Brasil.

Confira:

Programa de reflexões e debates para a Consciência Negra
Por Felipe Cândido da Silva

Todos sabemos que no mundo há grandes diferenças entre  pessoas e que, por estupidez e ignorância, cria-se o preconceito, que gera muitos conflitos e desentendimentos, afetando muita gente. Porém, onde estão os Direitos Humanos que dizem que todos são iguais, se há tanta desigualdade no mundo?

Manchetes de jornais relatam: “Homem negro sofre racismo em loja”; “Mulheres recebem salários mais baixos que os homens”; “Rapaz homossexual é espancando na rua”; “Jovens de classe alta colocam fogo em mendigo”; “Hospitais públicos em condições precárias não conseguem atender pacientes”; “Ônibus não param para idosos”. “Escola em mau estado é interditada e alunos ficam sem aula”; e muitas outras barbaridades. Isso mostra que os governantes não estão fazendo a sua parte.

Mas pequenos gestos do dia a dia – como preferir descer do ônibus quando um negro entra nele; sentar no lugar de idosos, gestantes e deficientes físicos, humilhar uma pessoa por sua religião, opção sexual ou por terem profissões mais humildes – mostram que também precisamos mudar.

A questão da etnia vem sendo discutida no mundo todo, inclusive no Brasil, que é um país mestiço, onde ocorre a mistura, principalmente, de negros, brancos e índios. Por mais que se diga que todas as pessoas são iguais, independente da cor de sua pele, o racismo continua existindo. Músicas, brincadeiras, piadas e outras formas são usadas para discriminar os negros. Até mesmo a violência se faz presente, sem nenhum motivo lógico.

As escolas fazem sua parte criando disciplinas que mostram a importância que cada cultura tem para a cultura geral do  país. E educando as crianças para que não cometam os mesmos erros dos mais velhos, pois preconceito se aprende, ninguém nasce com ele.

Enfim, cada pessoa pode fazer a sua parte, acabando com qualquer tipo de discriminação que existe, com qualquer tipo de preconceito que sente, percebendo que todos nós somos iguais, independente de raça, credo, idade, condição social ou opção sexual. Esse é o primeiro passo para que cada um respeite os direitos dos outros. O direito de um acaba quando começa o do outro. E com a população conhecendo seus direitos e praticando seus deveres ela fica mais unida. E a voz que grita para que os direitos humanos sejam exercidos soará bem mais alta, pois já diz o ditado: “A união faz a força”.

Faça aqui o seu cadastro e receba nossa news

0 0 votes
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

123 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
SARA TOMAS
6 anos atrás

perfeito o argumento dele .como disse a Beatriz tambem vou usar no meu trabalho de escola..:]

Francisca de Albuquerque Almeida
6 anos atrás

Em vez de criticar, faça a sua parte, eu só lamento o mundo não entende que não existe cores todos somos iguais perante a Deus, e só isso basta o resto vem depois, o que vale é saber que o negro e o branco são iguais…

beatriz
6 anos atrás

Eu gostei do artigo de opinião dele parabens eu vo usar esse artigo pro meu trabalho de escola

Isadora
Reply to  beatriz
6 anos atrás

Eu amei esse artigo vou usar ele

Sara Conceição
6 anos atrás

Eu amei sua forma de ser sincero e objetivo, estou apenas pesquisando um pouco sobre esse assunto “Racismo “ e amei, eu estou pensando em fazer um blog, sobre negras e brancas, e que entre elas não á diferença mais sim muita coisa em comum, por querendo ou não são, filha,mãe,avo,sobrinha e são um ser humano…..

Rejane Sales
Rejane Sales
6 anos atrás

Para avaliar uma Redação é preciso analisar a argumentação, a gramática, os recursos linguísticos utilizados. A intenção foi excelente. A argumentação teve lá seus deslizes e a colocação dos recursos linguísticos e gramaticais deixaram a desejar. Isso tudo tem a ver com a deficiência de leitura e a falta de cobrança, por parte dos professores de Língua Portuguesa, para o hábito de escrever. Não sei qual o critério foi utilizado para a premiação do texto.

Rejane Sales
Rejane Sales
6 anos atrás

Para avaliar uma Redação é preciso analisar a argumentação, a gramática, os recursos linguísticos utilizados. A intenção foi excelente. A argumentação teve lá seus deslizes e a colocação dos recursos linguísticos e gramaticais deixaram a desejar. Isso tudo tem a ver com a deficiência de leitura e a falta de cobrança, por parte dos professores de Língua Portuguesa, para o hábito de escrever. Não sei qual o critério foi utilizado para a premiação do texto. Seja lá qual for, algo ( que não sei qual foi, deve ter sido a intenção) pesou mais.

Marcela
Marcela
6 anos atrás

Acho um absurdo a pessoa estar mais preocupada com erros q por ventura possa ter no texto , do q com questão em si , q aliás é muito importante . Parabéns ao rapaz q fez o texto , concordo plenamente com cada palavra ! Prêmio mais q merecido !!

Marcela
Marcela
6 anos atrás

Acho um absurdo a pessoa estar mais preocupada com erros q por ventura possa ter no texto ,do q com questão em si ,q aliás é muito importante.Parabens ao rapaz q fez o texto ,concordo plenamente com cada palavra !Prêmio mais q merecido !!

Elias Alves
7 anos atrás

Farei aqui uma crítica relacionada à forma como o texto foi escrito, não quanto às opiniões expostas pelo aluno.

Há muitos erros na forma como o texto foi escrito. Por exemplo, num dos parágrafos está escrito: “Mas pequenos gestos do dia a dia – como preferir descer do ônibus quando um negro entra nele; sentar no lugar de idosos, gestantes e deficientes físicos, humilhar uma pessoa por sua religião, opção sexual ou por terem profissões mais humildes – mostram que também precisamos mudar.”
Nunca se deve começar um parágrafo com a palavra “mas”. Por ser uma palavra que indica uma contradição ao que está escrito anteriormente, ela é na verdade uma continuidade da frase final que foi colocada no parágrafo anterior. Portanto a forma correta seria:

Manchetes de jornais relatam: “Homem negro sofre racismo em loja”; “Mulheres recebem salários mais baixos que os homens”; “Rapaz homossexual é espancando na rua”; “Jovens de classe alta colocam fogo em mendigo”; “Hospitais públicos em condições precárias não conseguem atender pacientes”; “Ônibus não param para idosos”. “Escola em mau estado é interditada e alunos ficam sem aula”; e muitas outras barbaridades. Isso mostra que os governantes não estão fazendo a sua parte, mas pequenos gestos do dia a dia – como preferir descer do ônibus quando um negro entra nele; sentar no lugar de idosos, gestantes e deficientes físicos, humilhar uma pessoa por sua religião, opção sexual ou por terem profissões mais humildes – mostram que também precisamos mudar.

Além disso, o terceiro parágrafo, que é o mesmo ao qual me referi acima, contém apenas uma frase. Um parágrafo é um conjunto de frases subsequentes encerrando uma mesma ideia ou informação. Portanto, não se constrói um parágrafo com apenas uma frase. O ideal, mesmo, é que cada parágrafo contenha no mínimo três frases.

Suely Meng
Suely Meng
Reply to  Elias Alves
7 anos atrás

Muito bom o texto, mas faltou ele dizer que o racismo não se combate com racismo, como vem acontecendo com certos grupos de negros(as) que discriminam quem é de raça diferente. Outro dia vi na MTV um grupo de mulheres negras que fazem um trabalho que não me lembro do que, mas onde brancas não entram. O mesmo caso ficou falado na mídia ha pouco tempo sobre negras que enquadram brancas que “ousam” usar o turbante na cabeça, como se fosse um direito apenas de negros, as cotas tb é uma espécie de racismo. Esse tipo de coisa tb e precisa ser combatido. Se todos somos iguais, é isso que precisa ser exaltado.

Lucélia
Reply to  Suely Meng
6 anos atrás

Concordo com sua opinião. …não deveria haver a lei das cotas,portanto somos iguai perante a lei.

Lucélia
Reply to  Lucélia
6 anos atrás

Concordo com sua opinião. …não deveria haver a lei das cotas,portanto somos iguais perante a lei.

Luciana Isaac
Luciana Isaac
Reply to  Lucélia
6 anos atrás

Só que, na prática, não somos! Infelizmente…
Um dia a política de cotas não mais será necessária Mas por agora, ficamos com ela.

Mara Lenise
Mara Lenise
Reply to  Luciana Isaac
6 anos atrás

Deveriamos ser iguais perante a lei, porém na prática não funciona assim se fosse não teriamos o genocidio dos nossos jovens negros e entre outros tipos de discriminações e cenas explícitas e implícitas de racismo. Sobre cotas precisa se informar mais. Cotas não são privilégios e sim uma reparação de uma dívida advinda da escravidão, de um povo que ajudou na construção deste pais, e não ganhou nada em troca além de uma falsa abolição da escravatura. E se você fala de igualdade este sistema existe na tentativa de oportunizar aqueles que atraves dos tempos foram excluídos de oportunidades afro descentes, índios.E só para constar o sistema de cotas a qual se refere e nao privilegia somente esses grupo étnico, uma vez que essa lei protege todos aqueles que estao em situacoes mais ou menos favoraveis socialmente, bastanto ter estudado em escola pública.

Mara Silva Silva
Mara Silva Silva
Reply to  Elias Alves
7 anos atrás

ta muito bomo mais gente besta que diz qui falta coisa se tiver achando ruim faça outro mais bom…

luanna cecilia
luanna cecilia
Reply to  Elias Alves
6 anos atrás

se o texto dele tivesse tao ruim assim e tivesse ruim ele nao teria ganhado o premio entao fique na sua se vc gostou do texto bem se nao nao comente nada e simples!

amanda
7 anos atrás

orientação* sexual

jackson de sousa lima
jackson de sousa lima
7 anos atrás

A redação é boa menos o inicio em que ele generaliza e diz, todos sabemos, sera que realmente todos sabem ? como pode comprovar que todos sabem ? A redação é ótima fora isso.

Emilly Gomes
Reply to  jackson de sousa lima
7 anos atrás

Gostei muito. Parabéns pelo ótimo texto?

Thiago
Thiago
Reply to  jackson de sousa lima
6 anos atrás

Jackson, não há problema algum ele generalizar pois, há muitos professores q sugerem usar termos parecidos, como:
“É de conhecimento de todos, sabe-se que, é consenso que…” essas expressões passam segursegurança da parte do autor

Diekson jhon
Diekson jhon
7 anos atrás

Nossa gostei mto amanhã tenho que entregar um trabalho sobre racismo…
Isso me ajudou mto abriu minha mente!

Vinícius
Reply to  Diekson jhon
7 anos atrás

Na verdade se usa a generalidade sempre… Se formos falar as excessoes de todos argumentos, o texto daria varias linhas a mais do que o permitido 😉 mas sim ele poderia ter usado “Atualmente sabemos” ou algo do gênero.

Raissa Washinixk
Raissa Washinixk
Reply to  Diekson jhon
7 anos atrás

Ha eu tbm esse texto me ajudou muito

Iran
7 anos atrás

Adorei tenho que fazer um também tô fazendo um agora

Iran
7 anos atrás

Adorei tenho que fazer um também tô fazendo um agora

Roberto Hirata
Roberto Hirata
7 anos atrás

Parabéns pelo seu texto.
Você foi direto e objetivo.
Infelizmente, o racismo existe no Brasil, isso não podemos negar. Um exemplo claro disso, é o mercado de trabalho. Por que certas empresas ou agências de emprego exigem fotos de seus candidatos. Simplesmente, para discriminar. As empresas e agências de emprego negam tal atitude, mas a realidade é essa, e elas não tem a coragem para falar isso.

Roberto Hirata
Roberto Hirata
7 anos atrás

Muito bom.
Parabéns.
Seu texto foi claro e objetivo.

albert23
Reply to  Roberto Hirata
7 anos atrás

verdade mano

Ana Carla
Ana Carla
7 anos atrás

Adorei sua redação, adorei seu verdade.
A melhor que eu já li!

Julianne Costa de Almeida
Julianne Costa de Almeida
7 anos atrás

Expressa boas palavras, porém é cheio de clichês, não possui conectivos adequados, aliás, nenhum… Não encontrei proposta de intervenção. Sinceramente, que tipo de redação é essa, que merece ser premiada? Por favor né.

Fernanda bruma souza
Fernanda bruma souza
Reply to  Julianne Costa de Almeida
7 anos atrás

Eu concordo plenamente. No curso de redação que frequento, eles exigem muito mais que isso. Exatamente isso, CONECTIVOS, OTIMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO, AGENTES PAUTADOS EM UMA INTERVENÇÃO. Só pode ser brincadeira essa redação ser premiada, se ela possuísse isso que estamos dizendo, com essas ideias que ele já incluiu, seria perfeita. Mostrei ao meu professor, que é corretor das provas do enem, ele achou um absurdo, essa redação.

Weslley
Weslley
Reply to  Fernanda bruma souza
7 anos atrás

Também acha sem inicio meio e fi me uma brincadeira essa redação ser premiada

Raissa
Raissa
Reply to  Julianne Costa de Almeida
7 anos atrás

Em nenhum momento o site fala que se trata de uma redação. Falta mais interpretação! “Estudante é premiado por TEXTO sobre racismo”

Vítor Almeida
Vítor Almeida
Reply to  Julianne Costa de Almeida
7 anos atrás

Você só sabe criticar??? Faça um melhor então!!!

felipe
felipe
Reply to  Julianne Costa de Almeida
7 anos atrás

sabe de nada inocente redação muito boa

Carla
Carla
Reply to  Julianne Costa de Almeida
7 anos atrás

Não é redação querida, e sim um texto, preste mais atenção!!!

gabriel
gabriel
Reply to  Carla
6 anos atrás

ela fala do jeito que quizer

jose luiz giacomelli junior
8 anos atrás

Parabéns , lindo texto

Maria Luiza Tomaz
Maria Luiza Tomaz
Reply to  jose luiz giacomelli junior
7 anos atrás

Parabéns pelo seu texto,que mostra a realidade que vivemos e presenciamos.
A igualdade racial que nosso país ,muitas vezes mostra na mídia mesclada de preconceitos deve ser muito discutido nas escola para que o estereótipo sejam afastados dos estudantes para um melhor futuro do Brasil.

Bianca
Bianca
Reply to  Maria Luiza Tomaz
7 anos atrás

“Somos todos iguais.” esse deveria ser o lema do mundo.
Parabéns pela redação, gostaria que todas as pessoas realmente se importassem e lutaseem contra essa ignorância.

LEEH SILVA
LEEH SILVA
Reply to  jose luiz giacomelli junior
7 anos atrás

E VERDADE MUITA GENTE IGNORANTE QUE DEVIAM ESTAR ATRÁS DAS GRADES! PESSOAS QUE NÃO QUEREM O BEM ESTAR DAS OUTRAS E QUE FAZEM MOTIVO DA SUA INVEJA E FALTA DE CARÁTER MOTIVOS PARA FAZER OUTROS INFELIZES!
PARABÉNS SEU TEXTO ESTA EXCEPCIONAL E ME AJUDOU MUITO POIS NA MINHA REDAÇÃO DE LITERATURA ABORDAREI ESSE ASSUNTO

alycia
alycia
8 anos atrás

adorei porgue eu sou morena

Gabrielle
Gabrielle
8 anos atrás

Parabéns…eu tbm fiz uma mas não foi tão boa quanto a sua! Mas uma coisa me chamo a atenção nessa redação! Na parte que você fala “Direitos humanos”.. será que existe igualdade no Brasil? E uma dessas coisas que queremos saber… se tem deveria ter mas é se não tem e uma vergonha e claro que sempre vai ter um que vai se achar o tal… mas nos devemos tentar mudar a cabeça deste ser!

Lara dias
Lara dias
8 anos atrás

Esse texto e de mais e muito legal eu também ganhei a que na minha cidade parabéns vc arraso, parabéns pra nois.

catarina gomes de almeida
8 anos atrás

gostei muito bom

Raila santos
Raila santos
8 anos atrás

Nossa…Parabéns disse tudo,é cm certeza foi um título bem Merecido.

wiliana
Reply to  Raila santos
8 anos atrás

linda essas redação

Lorrayne
Lorrayne
8 anos atrás

Ameiii seu texto, parabéns!

Dalila
Dalila
8 anos atrás

Texto ótimo. Parabéns

Nathalia
Nathalia
8 anos atrás

Bom texto :3

Sofya
Sofya
8 anos atrás

Muito bom parabéns é bom ver que algumas pessoas ainda se importam.

alycia
alycia
Reply to  Sofya
8 anos atrás

comcordo

Daiana
Daiana
8 anos atrás

Parabéns pelo seu texto muito bom .

yuri patrick p. silva
yuri patrick p. silva
8 anos atrás

mo legal esse texto por causa dele tirei um 9.0 em minha prova valeu.

bundista americana75
bundista americana75
9 anos atrás

concordo querida

budihaisse
budihaisse
9 anos atrás

esse texto é tão legal que eu gostei dele thau baby te amo arraso no texto

Fernanda Alvines aguar pereira
Fernanda Alvines aguar pereira
9 anos atrás

esse texto e muito legal eu aprendi muito com ele sobre o racismo eu meiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii muito obrigada a quem escreveu
e foi um prémio meercido

Fernanda Alvines aguar pereira
Fernanda Alvines aguar pereira
9 anos atrás

esse texto me ajudou a ganhar um parabéns em geografia com a professora rosa eu ameiiiii muito obrigado a quem escreveu esse texto você é um gênio ´
parabens querido

Amanda
Amanda
9 anos atrás

Eu amei o seu texto! Parabéns!!! Me ajudou muito, obrigado!

manoel dos santos filho
manoel dos santos filho
9 anos atrás

Valeu mesmo esse seu texto. Além de ser um grito de desabafo contra esse grande mau que assola o mundo e absurtamente o Brasil, um país miscigenizado, concordo que por sua criatividade, seja um bom modelo inspirador. Que você vença novamente.

Felipe Martins
Felipe Martins
Reply to  manoel dos santos filho
8 anos atrás

Muito bom o Texto! Parabéns..!!

Maria
Maria
9 anos atrás

Concordo plenamente com o Anderson,faltou algumas coisas nessa redação sinceramente, não entendi por que foi premiada!

Ronaldo
Ronaldo
9 anos atrás

Ele foi prático, não foi prolixo.
Foi coeso com suas idéias.
e o texto chegou ao objetivo esperado.

lidiane
lidiane
Reply to  Ronaldo
7 anos atrás

Oi estou fazendo um trabalho de geografia para minha escola e é verdade tudo que o texto falou

Anderson
Anderson
9 anos atrás

Na boa, acho q ele usou muitos clichês e se atrapalhou muito, com isso. Na introdução, ele questiona ” onde estão os Direitos Humanos que dizem que todos são iguais, se há tanta desigualdade no mundo?”, o que é incoerente, já que a igualdade a qual os Direitos Humanos se referem não é econômica, mas política, enquanto a desigualdade no mundo implica em economia. Isso já invalida muitas situações em que ele fala sobre igualdade no texto.
No segundo parágrafo, ele exemplifica situações de preconceito e de mazelas sociais e dps justifica ambas com “governantes não estão fazendo a sua parte”. Eu até concordo para mazelas, mas para preconceito… não creio que um grupo de adolescentes atacar um homossexual seja suficiente para julgar que o governo não está agindo. Não estou dizendo que não tem nada a ver, porém, na construção do parágrafo, basicamente foi essa a relação dada. Não seria exagero dizer que: o parágrafo leva a crer que o único causador, ou o principal, é o Estado, o que não é verdade.
No terceiro parágrafo, ele já começa com um “mas”, conjunção adversativa, o que implicaria num provável contraponto. No entanto, não foi o que aconteceu. Ele reforçou a ideia do parágrafo anterior, denotando incoerência, quebrando a lógica do texto.
No quarto parágrafo, ele realmente argumentou, embora haja algumas ressalvas que não valem a pena ser comentadas.
No quinto, achei até estranho. Ele cita uma barbárie das escolas e comenta que o Estado está inoperante no segundo parágrafo, enquanto, no quinto, elogia a educação cegamente, sem fazer qualquer questionamento. Não fala da família. Afinal, todos aqueles exemplos que foram citados no final do quarto parágrafo, ocorrem cotidianamente onde? Sim, nas escolas e no domicílio.
Na conclusão, mais clichês…
Não entendo o pq dessa redação ter ganhado. Tlv pq ela tenha feito referências ao que os corretores procuravam. Frequentemente, deparo-me com redações bem melhores que essa.

PORTUGUÊS
PORTUGUÊS
9 anos atrás

O texto é excelente , porém , ele poderia ficar melhor se o candidato maneirar no clichê 🙂

thamyres
thamyres
9 anos atrás

muito legal o texto desse menino , espero que vc ganhe na proxima vez seja um vecedor !! a união faz a força gostei !!

alcione
alcione
9 anos atrás

parabéns ,sua redação ficou ecelente ,gostei muito é me ajudou com meu trabalhokkk

PORTUGUÊS
PORTUGUÊS
Reply to  alcione
9 anos atrás

cuidado com os erros na hora de escrever ‘ EXCELENTE’ é por isso que o Brasil não vai pra frente !!!

Olho no seu, companheiro(a)!
Olho no seu, companheiro(a)!
Reply to  PORTUGUÊS
9 anos atrás

Antes da correção ao comentário, provavelmente, não atencioso da cara colega Alcione, deverias, autor(a) do comentário logo acima do meu, cuidar da escrita no seu próprio texto. A ausência de vírgulas, erros de pontuação, colocação de sinais e inclusive NÃO COMEÇAR COM LETRA MAIÚSCULA O SEU TEXTO, não lhe confere sequer ínfima reputação para categorizar a colega Alcione como “(um) motivo de o Brasil não ir para frente”. Então, por favor, um melhor português, e mais respeito nas redes sociais!

Eder
Eder
Reply to  PORTUGUÊS
9 anos atrás

Existe um tipo de preconceito chamado preconceito linguístico. Pena que é pouco divulgado pela mídia e pelas próprias escolas. Estigmatizar alguém por usar uma determinada norma linguística é o mesmo que dizer ‘só existe uma Língua aceitável. Noutro plano, seria o mesmo, se disséssemos ‘ só existe uma cor aceitável” ou ‘ só existe uma opção sexual respeitável.

Tamires
Tamires
9 anos atrás

Ótimo texto! Diante do mesmo, percebe-se que há ainda pessoas com conceito de mudanças. Parabéns! Que você pratique o que relatou. rs

thaynan
thaynan
9 anos atrás

gostei muito da sua redacao !!!!!!!!1111 continue assim #tamojunto rsrs

GIANE
9 anos atrás

Qual é a data de publicação desse texto ?

Bruna
Bruna
9 anos atrás

Texto muito bom diga nao o racismo

Kel Castanheira Alves
Kel Castanheira Alves
9 anos atrás

Ameii!!!! Seu Texto Parabéns Vou Usar Ele No Meu Seminário

janaina
9 anos atrás

muito bom ;parabéns

Vandeilde Ribeiro
Vandeilde Ribeiro
9 anos atrás

Parabéns!
Texto maravilhoso

Renata Lobo
Renata Lobo
9 anos atrás

Adorei… Falou tudo!! Continue fazendo a diferença.
#tamojunto

Rosy
Rosy
Reply to  Renata Lobo
8 anos atrás

PARABÉNS.SUAS PALAVRAS FEZ MINHA PALAVRAS.BEM MERECIDO.

Categorias

Arquivos

Tags