Pesquisar
Close this search box.

conheça o programa

Redação sobre saúde mental nas escolas públicas faz parte da seleção 2023 do programa Jovem Senador

O Programa Jovem Senador já está com inscrições abertas. A edição de 2023 vai selecionar estudantes de escolas públicas de todo o país para visitar Brasília e vivenciar o trabalho dos parlamentares no Congresso Nacional. O programa começa com um concurso de redação, com o tema “Saúde mental nas escolas públicas”. Os autores dos 27 melhores textos, um de cada unidade da Federação, vão passar uma semana no Senado Federal.

O Jovem Senador é destinado a estudantes do Ensino Médio de escolas públicas. A inscrição no concurso deve ser feita até o dia 5 de maio. O material para a participação no certame é composto de ficha de inscrição e folha de redação, disponíveis no site https://www12.senado.leg.br/jovemsenador. Os interessados em participar devem procurar a unidade escolar na qual estudam para mais informações.

O programa é fruto de uma parceria entre o Senado Federal e as secretarias estaduais de educação e, no DF, os professores e analistas da Secretaria de Educação ajudam a corrigir os textos e selecionar as melhores redações. Primeiro, a escola realiza internamente o concurso com seus alunos e escolhe a redação que vai representá-la na fase estadual.

Em seguida, cada Coordenação Regional de Ensino seleciona um texto e o envia para a Diretoria de Ensino Médio (Diem) da Subsecretaria de Educação Básica da SEEDF. A Diem lê as redações e escolhe as três melhores, sem qualquer classificação, e encaminha para o Senado Federal para a seleção final.

Para participar, o candidato deve estar matriculado e frequentar uma escola pública; ter, no máximo, 19 anos completados até 31 de dezembro de 2023; e ter disponibilidade para participar da Semana de Vivência Legislativa, no período de 21 a 25 de agosto, durante a qual exercerá o mandato de jovem senador, representando seu estado ou o Distrito Federal.

Senado

Na visita ao Senado, os estudantes simulam a atuação dos senadores da República numa legislatura que tem quatro dias de duração. Eles podem sugerir projetos e tê-los aprovados e publicados no Diário Oficial do Senado Federal.

As sugestões acatadas são encaminhadas à Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH). Essa vivência proporciona uma transformação da consciência política dos estudantes, que aprendem a reivindicar seus direitos e exercer os seus deveres, podendo interferir na realidade de sua comunidade e até do seu país.

A participação no concurso de redação do Programa Jovem Senador enriquece a compreensão do papel do exercício pleno da cidadania, além de abordar uma temática tão importante como saúde mental nas escolas.

Faça aqui o seu cadastro e receba nossa news

0 0 votes
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Categorias

Arquivos

Tags

Você pode gostar