Pesquisar
Close this search box.

conheça o programa

Da primeira ligação à próxima geração: exposição marca os 50 anos do celular

Exposição em cartaz no Museu do Amanhã.

Para superar as limitações de tempo e espaço, recorremos a sinais de fumaça, pombo-correio, telégrafo, telefone, entre outras soluções. Mas nenhuma das soluções trouxe tanta agilidade e liberdade quanto o celular. A tecnologia que transformou o modo como acessamos, compartilhamos e produzimos informação completa 50 anos esse ano. Celebramos a data apresentando ao público uma experiência imersiva na história, nos impactos e nas transformações que o celular causou, causa e causará na sociedade.

A exposição Celular 50, em cartaz até o dia 20 de agosto, no Museu do Amanhã, perpassa seções de imersão, provocando a reflexão pela Mobilidade e Liberdade, Popularização e Individualização, Multiplicidade, Excesso e Labirinto de Possibilidades. Em cada uma, o público irá mergulahr em experiências que marcaram as gerações dos aparelhos celulares e seus devidos impactos, com um convite final à reflexão do que ainda está por vir.  

Os espectadores também terão a oportunidade de conhecer um protótipo original do DynaTAC 8000x, o primeiro celular, criado pelo engenheiro americano Martin Cooper, o exemplar histórico foi cedido pela empresa Dyna LLC, do inventor e popularmente conhecido como pai do celular”.

Faça aqui o seu cadastro e receba nossa news

0 0 votes
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Categorias

Arquivos

Tags

Você pode gostar