Águas subterrâneas: solução para os problemas hídricos? Relatório da Unesco discute o tema

As águas subterrâneas representam 99% de toda a água potável líquida da Terra. No entanto, com frequência, este recurso natural é mal compreendido e, consequentemente, subvalorizado, mal administrado e até mesmo é utilizado de forma abusiva. De acordo com a última edição do Relatório Mundial das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento da Água, publicado pela Unesco, o vasto potencial dos recursos hídricos subterrâneos e a necessidade de administrá-los de forma sustentável não podem mais ser negligenciados.

Normalmente, a qualidade dos recursos hídricos subterrâneos é boa, ou seja, podem ser utilizados de forma segura e acessível, sem exigir tratamentos avançados. Muitas vezes, os recursos hídricos subterrâneos é a forma mais efetiva de fornecer um abastecimento seguro de água às comunidades rurais.

Algumas regiões do mundo possuem quantidades substanciais de fontes de recursos hídricos subterrâneos não renováveis que podem ser extraídos para manter a segurança hídrica. No entanto, não se deve negligenciar a consideração pelas gerações futuras e pelos aspectos econômicos, financeiros e ambientais a respeito do esgotamento do armazenamento desses recursos.

Como aponta o relatório, ainda há regiões no mundo com pouco uso de vastos aquíferos, mas essa subutilização não se deve à falta de água subterrânea renovável (que muitas vezes é abundante), mas à falta de investimentos em infraestrutura, instituições, profissionais capacitados e conhecimento sobre esse recurso. O desenvolvimento dos recursos hídricos subterrâneos poderia atuar como um catalisador para o crescimento econômico, aumentando a extensão das áreas irrigadas e, portanto, melhorando os rendimentos e a diversidade de culturas agrícolas.

Em termos de adaptação à mudança climática, a capacidade dos sistemas aquíferos de armazenar excedentes sazonais ou periódicos de recursos hídricos de superfície pode ser explorada para melhorar a disponibilidade de água potável durante todo o ano, uma vez que os aquíferos incorrem em perdas por evaporação muito menores do que os reservatórios de superfície. 

O que se deve fazer para ampliar todo o potencial das águas subterrâneas?
– Coletar dados
– Fortalecer legislações ambientais
– Reforçar recursos humanos, materiais e financeiros

Faça aqui o seu cadastro e receba nossa news

0 0 votes
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Categorias

Arquivos

Tags

Você pode gostar