Mapa do Ensino Audiovisual

Por Marcus Tavares
Artigo publicado no Jornal O DIA, dia 23/08/2014

Foi divulgado, no dia 22 de agosto, durante a realização do 6º Festival CineMundo, o Mapa do Ensino do Audiovisual no Estado do Rio de Janeiro. O estudo revela que há, no Estado do Rio, 18 instituições que oferecem, em média, 20 cursos regulares e gratuitos na área do audiovisual para os jovens que ainda não ingressaram no Ensino Superior.

São diferentes cursos que contemplam desde a área de programação de games, de produção de cinema e TV, à utilização, por exemplo, de softwares de edição. São ONGs, OSCIPs, instituições particulares e públicas. Quatro estão ligadas ao governo do Estado do Rio de Janeiro. São elas: Escola Técnica Estadual Adolpho Bloch, Colégio Estadual José Leite Lopes – Nave (em parceria também com o Instituto Oi Futuro), Colégio Estadual Dom Pedro II e o Centro de Vocação Tecnológica de Barra do Piraí.

Dos 20 cursos, 14 estão localizados no Município do Rio. Os demais em Niterói, Petrópolis, Nova Iguaçu e Barra do Piraí. O levantamento revela que, juntos, tais módulos formam, em média, por ano, cerca de 1.050 estudantes, em diferentes tipos de cursos – de livres aos técnicos de três anos, em paralelo ao Ensino Médio. A maior parte das instituições conta com professores especialistas e mestres – 90% deles atuando no mercado de trabalho. Cerca de 75% dos coordenadores considera boa a infraestrutura de seus respectivos cursos.

A ideia do evento foi reunir as instituições para iniciar um diálogo mais direto e objetivo entre elas, com a meta de tentar encontrar soluções para os desafios do cotidiano e estabelecer uma rede de trocas e conexões de diferentes realidades, estudantes e projetos. Trata-se de uma ação pertinente e mais do que isso: preciosa. Afinal, o Estado do Rio tem, sem dúvida alguma, uma vocação no setor do audiovisual, que merece e necessita cada vez mais de parcerias.

O fortalecimento deste grupo é importante ainda mais no que tange à aproximação destas escolas e seus jovens do mercado de trabalho, que, muitas vezes, desconhece tais instituições e a potencialidade dos estudantes. O levantamento aponta que os jovens que são absorvidos pelo mercado se sobressaem e alcançam boas colocações. A realização do VI Festival CineMundo e a iniciativa da promoção do encontro das escolas foram da OSCIP Cinema Nosso.

Categorias

Arquivos

Tags