Internet ou escola?

“Internet traz mais qualidade de vida do que escolaridade”, afirma especialista Renato Meirelles, diretor do Data Popular, em evento em São Paulo.

Por Izabela Vasconcelos
Do site Comunique-se

A internet pode ser um importante aliado no crescimento da qualidade de vida, até mais do que a escolaridade, acredita o diretor do Data Popular, Renato Meirelles. O executivo, do instituto de pesquisa especializado nas classes C, D e E, adiantou que no próximo ano irá divulgar os resultados detalhados de uma pesquisa sobre o assunto.

“Vão querer me bater, mas nós chegamos a essa conclusão com uma pesquisa que vamos divulgar no inicio de 2012. Mostra que pessoas que usam a internet conseguem ter acesso a mais conteúdos e oportunidades de crescimento, também amplia o repertório e o networking”, disse o executivo ao participar do Media On, evento realizado nesta quarta-feira (23) em São Paulo.

Meirelles explicou que pessoas com o mesmo nível de escolaridade têm renda superior caso possuam acesso à internet. Além disso, o especialista apresentou dados que mostram que a classe C domina a navegação online no País, representado 56% dos internautas.

Classe C não altera conteúdo

Apesar do grande crescimento da classe C, o conteúdo dos portais de notícias continua basicamente o mesmo. Para atender esse público, o UOL mantém o BOL, mas, da mesma forma, a classe média se mostra interessada pelo conteúdo do primeiro, avalia o diretor de contéudo do UOL, Rodrigo Flores.

“A lista de conteúdos mais acessados no UOL continua a mesma. O UOL não produz conteúdo específico para a classe C. Não segmentamos por classe, mas por potencial de interesse. No caso do BOL, é o mesmo conteúdo do UOL, mas com outra edição, voltada para o entretenimento e jornalismo de serviço”, declarou Flores.

Público é sedento por informação

O diretor-executivo do Brasil e vice-presidente da Com Score para America Latina, Alex Banks, também apontou a importância das notícias para os brasileiros no ambiente digital. De acordo com ele, o Brasil é o segundo país que mais acessa jornais na internet, perdendo apenas para os Estados Unidos.

Categorias

Arquivos

Tags